Ministério da Saúde vai ampliar oferta de vacina contra influenza em 2018


Número de doses vai passar de 60 milhões para 80 milhões. Ainda não foram definidos os grupos que serão incluídos.

O Ministério da Saúde vai ampliar a oferta da vacina contra influenza em 2018: de 60 milhões de doses anuais para 80 milhões. "Evidentemente haverá uma ampliação do público a ser coberto por essa vacinação", afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros, nesta quarta-feira (8) no Instituto Butantan.
Porém ainda não foram definidos os grupos adicionais que terão direito a receber a vacina pelo Sistema Único de saúde (SUS). "Nossa área do Programa Nacional de Imunizações definirá conforme a disponibilização efetiva da vacina", disse Barros.

Hoje, na rede pública, a vacinação contra influenza é destinada a alguns grupos prioritários: crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, idosos, profissionais da saúde, povos indígenas e pessoas portadoras de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade.
Para atender à demanda, o Instituto Butantan vem realizando modernizações em sua fábrica, segundo o diretor da instituição, Jorge Kalil.

Em 2016, o vírus influenza H1N1 matou 1.982 pessoas. Ao todo, 10.625 casos foram notificados. O balanço quase alcançou os números de 2009, quando o H1N1 se tornou uma pandemia e matou 2.060 brasileiros.
A composição da vacina de influenza muda todo ano porque o vírus da gripe passam por mutações frequentes. Todo ano, a Organização Mundial da Saúde (OMS) faz uma previsão de quais serão os vírus Influenza que devem circular no inverno do hemisfério norte e do hemisfério sul com base em amostras de pacientes coletadas em centros sentinela distribuídos em todo o mundo.

A vacina Influenza trivalente de 2017, por exemplo, contém os seguintes vírus:

* Influenza A (H1N1), subtipo Michigan/45/2015
* Influenza A (H3N2), subtipo Hong Kong/4801/2014
* Influenza B, subtipo Brisbane/60/2008

Já a vacina de Influenza tetravalente deve conter, além dessas três cepas, o vírus Influenza B, subtipo Phuket/3073/2013.

Fonte: http://g1.globo.com/bemestar/noticia/ministerio-da-saude-vai-ampliar-oferta-de-vacina-contra-influenza-em-2018.ghtml