Governo de SP assina contrato com BNDES para construir fábrica de vacina contra a dengue

Previsão é que estrutura seja concluído em 60 dias e vacinas comecem a ficar prontas em 2019. Custo total é de R$ 305 milhões e financiamento do BNDES é de R$ 92,7 milhões.

O governo do estado de São Paulo assinou contrato nesta terça-feira (3) com o Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) para a liberação de R$ 97,2 milhões para a construção de prédio onde deverá ser desenvolvida a primeira vacina brasileira contra a dengue, pelo Instituto Butantan. A previsão, segundo o SPTV, é que a fábrica fique pronta em 60 dias.

De acordo com o governo do estado, além das obras do novo prédio, o financiamento servirá para a instalação e montagem de equipamentos, mobiliário, insumos e serviços de qualificação para a instalação dos equipamentos.

A nova fábrica já está em obras, tem 3 mil m² de área construída e foi planejada para a produção de até 100 milhões de doses de produto concentrado e até 30 milhões de doses de vacina liofilizada contra a dengue por ano. A planta foi planejada como uma plataforma que também pode operar para a produção de outras vacinas, como raiva e zika vírus.

A pesquisa clínica da primeira vacina brasileira contra a dengue está na última fase de testes antes de ser submetida à aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Só depois da aprovação da Anvisa que a vacina poderá ser produzida em larga escala e disponibilizada para campanhas de imunização em massa na rede pública de saúde em todo o Brasil.

Fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/governo-de-sp-assina-contrato-com-bndes-para-construir-fabrica-de-vacina-contra-a-dengue.ghtml